quinta-feira, 20 de maio de 2010

Perdão

Por um longo momento, nós tocamos nossas mãos, o ex-guarda e a ex-prisioneira. Eu jamais havia conhecido o amor de Deus tão intensamente quanto naquela hora.

“Segui a paz com todos e a santificação, sem qual ninguém verá o Senhor. Tendo cuidado de que ninguém se prive da Graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem” (Hb.12: 14-15).

Há muitos anos, foi escrito um livro que causou muito impacto entre os cristãos. O livro se chamava Refúgio Secreto e contava a história de Corrie Ten Boon, que foi libertada do campo de concentração nazista, depois da rendição da Alemanha. Corrie sofreu torturas e humilhações terríveis e viu sua irmã e milhares de outras pessoas morrerem. Depois de sua libertação, ela precisou de muito tempo para se libertar do ódio que a consumia contra os responsáveis pelo tratamento desumano e cruel que recebera.

Quando, finalmente, conseguiu perdoar, Corrie percebeu que havia descoberto o único poder restaurador para o sofrimento e ódio do povo Judeu. Desde então, ela começou a ensinar sobre o perdão na Holanda, na França e na Alemanha.

Num certo domingo, em Munique, Alemanha, ela estava falando a uma igreja sobre perdão. Logo após o culto, desenrolou-se um verdadeiro drama. Um homem aproximou-se com a mão estendida em sua direção e perguntou:

-Você lembra de mim, Ten Boom? Você já me perdoou? Como é bom saber que Jesus perdoa todo o nosso pecados, como você acabou de afirmar!

Imediatamente, Corrie reconheceu naquele homem  um dos  soldados do campo de concentração onde ela estivera. Foi como se um filme rodasse rapidamente em sua mente trazendo de volta seu passado de terror.A mão daquele homem continuava estendida. Ela, contudo, não conseguia fazer nenhum movimento. Estava petrificada! Onde estava o perdão sobre o qual acabava de falar? Corrie estava indignada consigo mesma, porque tinha certeza de já ter perdoado seus carrascos.

E, ali mesmo, ela orou: "Meu Jesus, eu não consigo perdoá-lo. Por favor, me perdoe!" Porém, repentinamente e de forma inexplicável, ela sentiu-se perdoada. Como assim? Ela, perdoada? De quê? Perdoada porque, na verdade, ainda não tinha conseguido perdoar seu algoz!

Ao sentir que tinha recebido o perdão de Deus, Corrie Ten Boom estendeu a mão ao seu ex-inimigo e, com aquele aperto de mão, ela libertou a ele e a si mesma.

Como você reage quando é magoado(a)? Planeja vingança?Perde o Sono?Chora sem parar?Difama a outra pessoa? Quer perdoar, mas não consegue? O perdão nem sempre é instantâneo, como aconteceu com Corrie Ten Boom. Na maioria das vezes, ele é um processo que necessita ser iniciado. O restante fica a cargo do Senhor. Ele fará o que não pudermos fazer.

O que é aparentemente impossível aos nossos olhos é possível para a fonte do perdão, JESUS!

Refúgio Secreto ,Editora Betânia Uma leitura Maravilhosa.

Em Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Mas faça isso, sempre com respeito,com palavras,que edifiquem e abençoe aos leitores.Pois assim o fazendo estaremos exalando o Bom perfume de Cristo.A sua opinião é muito importante .Fico grata por sua visita.

Pesquisar este blog

"Todo aquele que ler estas explanações,quando tiver certeza do que afirmo,caminhe lado a lado comigo;quando duvidar ,como eu,ivestigue;quando reconhecer que foi seu erro,venha ter comigo;se o erro for meu,chame minha atenção.Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho da caridade em direção áquele de quem está dito:Buscai sua face".Agostinho de Hipona

Minha lista de blogs

Para pensar

"Estudo a minha Bíblia do mesmo modo que colho maçãs.Primeiramente,chacoalho a árvore toda,de forma que os frutos maduros caiam.Depois,chacoalho cada galho,e quando já chacoalhei todos os galhos,chacoalho cada ramo e cada ramificação.Então,olho embaixo de cada folha"
Martinho Lutero

Coroa de espinhos

"Eu não ousaria usar uma coroa de ouro na terra onde o meu Senhor usou uma coroa de espinhos"

Charles H.spurgeon

Pedagogia de Jesus

Pedagogia de Jesus

Escola Bíblica Dominical

Escola Bíblica Dominical
O que ensina esmere-se no fazê-lo.

O Desejo de servir

Um dos elementos essenciais para a qualificação de um professor é o interesse que deve ter pelo povo e o desejo de servi-lo bem,de ajudá-lo.Sem esta qualidade, o mestre será "como o metal que soa,ou como o címbalo que retine",muito embora conheça bem a Bíblia, o discípulo e os métodos de ensino.Nada pode suprir a falta de interesse pelo bem estar de nossos semelhantes.Saber enfretar uma grande classe,possuir boas estatísticas, ou conhecer de sobejo os melhores métodos de ensino não constituem substituto a´propriado para aquele profundo interesse que devemos ter pelo próximo.

Lobo com pele de cordeiro

Lobo com pele de cordeiro
Cuidado

Falsos mestres

Existem líderes(pessoas) divorciadas de qualquer profundo compromisso com Cristo.
E pior muitas vezes tais pessoas assumem posição de influência,tornam-se arcanjos da comunidades vestem-se de pastor,falam como teólogos,ensinam como mestres,insinuam-se profetas.Esses são os disimuladores...Judas vs 4

D.L. Moody

'Nossa época ainda está para ver o que Deus pode fazer usando um homem cuja vida seja inteiramente comprometida com Ele".

Moody disse: Eu serei este homem.

Evangelista

Evangelista
Amor pelas almas

Amor em ação

Amor em ação